sexta-feira, 13 de março de 2009


DAY AFTER DAY...

Hoje já é sexta feira novamente, e eu me peguei pensando agora em quantas sextas feiras que eu não passei aqui no meu bairro com as pessoas de sempre e nos mesmos rolês de sempre.

As coisas mudaram, e na maioria mudaram pra melhor na minha opinião, mas de repente senti uma nostalgia do ano passado nessa mesma época do ano, com relação aos rolês, as cervejas, as risadas, as bebedeiras, os excessos e as pessoas.

No começo tudo era bom, mas também teve o lado ruim, a bebida passou a me fazer mal e até hoje eu tento ter um controle maior sobre ela. Isso por causa dos "viras viras" que eu tanto gostava hehe. Como era bom, mas hoje sinto um efeito devastador sobre mim e poucas pessoas percebem isso, pois não sou alcoolatra, é algo diferente. Nas ocasiões que bebo passei a beber mais do que bebia antigamente, e funciona assim, se você estiver feliz você fica mais feliz do que o normal, se estiver triste você fica mais triste do que o normal, se estiver agressivo você fica mais agressivo do que o normal. Mas agressivo eu? É! Nunca encostei a mão numa barata, quanto mais em um ser humano, mas a agressividade não funciona apenas com tapas e socos, mas com palavras também.

É isso aí, minha vida é um livro aberto, não tenho medo disso, estou vivendo uma fase boa, porém, conflitosa ainda, mas tenho, como sempre tive, as mesmas pessoas que sempre me apoiaram, dentre pais, amigos, família e namorada.

E por falar nela, por mais conflitoso que tenha sido o nosso início, e ainda tenham algumas coisas para serem acertadas, ela e nem ninguém tem idéia do quanto eu lembro com carinho daquele março de 2008 onde a gente se atracava sem a mínima vergonha, e como era bom.

Era como se dois amigos suprissem a falta de um carinho no início, mas acabou ficando sério, e por alguma razão tivemos que passar por muitas dificuldades, mas hoje me sinto melhor, e sei que após essa fase serei um homem mais maduro. E gostaria muito que fosse com ela do meu lado, pela paciência que tens apesar de aparentar outra coisa, ela foi demais nesses tempos de saúde precária e em outros aspectos também.

Essa postagem é uma homenagem a todos aqueles que tive um vínculo de amizade principalmente nos últimos 4 anos. Foi tudo muito bom, muito real e intenso, e espero que as coisas sempre caminhem para esse lado. Amo vocês.

Carol, você é linda!
Você não sabe o quanto seu coração me ensina a ser melhor todos os dias.

Abs


DANIEL BEDOTTI SERRA

3 comentários:

France disse...

Superbe photo

. Cáh . disse...

Amar, e o amor...acontecem naturalmente (ou quando menos se espera, dizem!!)...!!!
Amo você..!!
s2
beijooooo!

Marília PSH disse...

nossa perfeito...
amei...
e para de ser nego drama...
te amo...

kkk a carol é a nega drama e vc o nego drama