segunda-feira, 4 de julho de 2011



NO CANTO ESCURO
.
Tirei a chave do bolso quente de inverno
Abri a porta
A sala estava escura
Ao apertar o interruptor a luz não acendeu
Dei passos lentos
Em reta direção
Prestando atenção no chão
Driblei os móveis e passei pela sala de estar
E ao chegar no menor quarto do imóvel
No canto escuro estava o coração.
.
DANIEL BEDOTTI SERRA

6 comentários:

Cris Teles disse...

Então pegue-o e o leve para a parte mais clara e alegre da casa, pois é lá que ele deve ficar...

Mônica disse...

Daniel
Eu já te quero tão bem que sei que seu coração está num otimo canto de sua casa.
Naquele onde se sente bem e feliz!
com carinho Monica

Laís P. disse...

O caminho para o coração é difícil, é confuso. Poucas pessoas conseguem percorrê-lo. E mais: pouca gente consegue "pegar" um coração realmente.

Beijão, Daniel! =)

✿ chica disse...

Lindo,Daniel...Que bom que o achaste.Agora coloca LUZ! abração,chica

Camila Fontenele disse...

O coração é uma conquista difícil, mas agradável.

olhar disse...

ai...ai...ai...achei triste isto...

Muito bem escrito!
Parabéns!

Um beijo!

Bia