terça-feira, 17 de novembro de 2009


A INSEGURANÇA MORREU

O sol que ilumina a minha direção não me cega, pelo contrário, me orienta, e assim eu vou subindo e subindo e subindo... Vou caminhando e cantando e seguindo a canção, como já dizia Geraldo.

Hoje as flores tem realmente cara e cheiro de flores, e o mar é cada vez mais fresco, enquanto o vento também ajuda na orientação do sol, e a paz segue em minha vida pacificamente, como há tempos não se via.

Eu sabia desde o começo. Nunca andei em círculos. Eu sempre soube o que queria e onde queria chegar. E agora que cheguei, como me manter? Como subir mais?

Me pergunto: "Onde isso vai dar?"
Respondo: "Não sei!"
Me pergunto: "Será que vou cair?"
Afirmação: "Pois quando se sobe é inevitável o tombo"
Respondo: "Foda-se! Não tenho mais medo de viver!"

A insegurança morreu!

DANIEL BEDOTTI SERRA

21 comentários:

Marcelo Mayer disse...

a esquizofrenia nos mantém vivos nos dias de hoje

Kurt Zampieri disse...

Ficou rico viado?

Anônimo disse...

quando a gente começa a perceber que flores têm cheiros de flores é que algo vai muito muito bem.

adoro ver bom astral.
e viva o sol, e viva as flores (principalemtne aquelas com cheiro de flores)

beijos
mariah

prafrente disse...

" a insegurança morreu"...paz á sua alma. Que ela repouse lá bem longe, eternamente...

Mas será que morreu ou apenas hibernou, como os ursos polares?

Sejamos então otimistas.Sabe que os portugueses são otimistas: quando quebram uma perna pensam logo que têm sorte porque poderiam ter sido as duas...

Peace and love...para um mundo mais humano

Abraço de Portugal

Daniel disse...

Fiquei nada Kurt. Quando falo sobre subir é no sentido interior, espiritual, e não financeiro, pelo menos não ainda rsrs

Wagner Kern Velasques Jr. disse...

Nessas incertezas da nossa vida temos que procurar se apegar nas poucas e boas coisas que temos.

Abs

Katrina disse...

Não, acho que o que eu não tenho medo, é de morrer mesmo

Fernanda. disse...

Passei um 'longo' tempo, lutando pela coisa errada. Caminhando na direção errada. Até que eu decidi viver! Atirei no infinito, arrisquei tudo que ja tinha conquistado.Sem certeza alguma, mas acreditando e confiando na minha capacidade de vencer. Perdi a insegurança também. E mesmo caminhando em uma corda bamba, eu vou em frente... pois nada melhor, que viver do que se acredita!

Lucy disse...

Acabei de ler seu texto com um sorriso nos lábios.

É tão bom quando nos sentimos assim seguro,sem medo de viver de ser feliz.


Abraços...

Lucy

Laís de Ponte disse...

"A insegurança morreu".

Eu tenho tentado dizer isso para mim mesma todos os dias!!

A vida é uma oscilação, né? Não podemos temê-la. Temos que encará-la.
=)

Que o sol sempre nos oriente! "Caminhando e cantando..."

Belo post!!

Beijão, Daniel!! =)

ju mancin disse...

when I find myself in times of trouble, mother mary comes to me, speaking words of wisdom, let it be, Dani!

let it be, let it be, let it be, let it be... whisper words of wisdom, let it be!

Nova Civilização disse...

Daniel,

Quando encontramos o verdadeiro sentido para nossa vida, realmente é uma grande vitória.O medo de cair já é superado pois mais forte é a vontade em acreditar nos nossos ideais. Falamos tanto em acreditar...e mais uma vez temos a certeza que é essa vontade que transforma os nossos sentidos e nos deixa mais vivos!!!!

Sejamos Felizes!!!

Beijos,

Gisele


"...O meu passado é tudo quanto não consegui ser. Nem as sensações de momentos idos me são saudosas: o que se sente exige o momento; passado este, há um virar de página e a história continua, mas não o texto."

Fernando Pessoa

Érica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Érica disse...

Que bom que tás nessa energia renovada, pra frente. Que continue então. É muito bom ler algo assim, dá uma esperança na gente, e uma motivação. Beijo no teu coração!

Márcio Vandré disse...

Seria interessante se todos perdessem a insegurança.
A morte é o inevitável.
Cada dia vencido, um dia mais próximo do abismo.
Aproveitar é preciso.

Caminhando, cantando e seguindo a canção, que termina na última nota de um acorde qualquer!
Abraço, cara!

Conspiração Ideológica disse...

A insegurança é filha do medo com a falta de experiência... Todos temos em maior ou menor grau. Só o idiota diz que não é inseguro ou nunca foi inseguro. Vencer a insegurança é uma das maiores conquistas do espírito humano e denota que estamos prontos para novos desafios... Belo post Daniel.

Bela disse...

Lembrei do Raul:
"conserve seu medo,
mantenha ele aceso,
se vc não teme,
se vc não ama,
vai acabar cedo"
E assim sigo, olhando para os lados e sempre em frente.
Belo post.
Abraços moço ;)

Jeany disse...

Essa sensação é TÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO gostosa!

Que o SOL me guie também!

Falando em insegurança: como você me escreveu - se não dermos um passo maior que a perna NÃO CHEGAREMOS A LUGAR ALGUM!

Temos muito medo de viver? Pra que? Assim estaremos SIM andando em circulos SEM PERCEBER!

Tata disse...

Ter medo é não viver!!!
É só ter fé e acreditar que a vida é feita de tombos e retomadas, viver é se arriscar,é não pensar demais, é acreditar em vc mesmo e no nosso potêncial!

bjinhos

Tem post sobre Beatles lá no Bsides!Vc vai gostar!

Menina Misteriosa disse...

Que delícia.
Ainda quero sentir isso. Essa paz.
Nunca teremos certeza sobre tudo, mas podemos aprender a viver com as supresas!
Gostei...
Beijos

Rosa disse...

O importante é alcançar nossos objetivos. Viver sem medo e com sabedoria. E Se cair levante-se e siga com a mesma vontade de viver.
Parabéns pelo blog!
Obrigada pela visita.
Já está nos meus favoritos.
bjs!!!