domingo, 4 de janeiro de 2009


O REINÍCIO

O ano se inicia e de cara já surge uma dúvida: Reinício escreve-se com hífen ou não?! Coloca-se acento ou não mais na palavra?! Com tantas coisas para se mudar resolveram mudar uma das coisas que mais acho bonitas em nossa pátria, a nossa língua portuguesa.

Pra ser sincero não procurei saber os motivos que levaram a essas alterações, mas vindo de um país que nos últimos anos não têm reprovado mais seus alunos, apenas para receber ajuda do Fundo Monetário Internacional - FMI, já que o mesmo exige uma porcentagem X de alunos aprovados para enviar o empréstimo, é de se desconfiar.

Mais um ano iniciou e nosso psicológico já nos trás novas esperanças em todos os ramos de nossa vida. De qualquer maneira isso é válido se ajudar de alguma maneira.

Fontes seguras indicam um ano diferente, um ano com mudanças drásticas mas valorozas, e que trarão de certa forma ensinamentos, evolução.

Prometi pra mim mesmo que tentarei fazer tudo de coração aberto, sem rancor, raiva, ou qualquer sentimento ruim, mas sei que não é fácil, ainda mais vindo de um cara melancólico, nostálgico e pessimista, mas, como dizia uma amiga minha, se um ser humano não tiver essas características o que seria dos escritos dos poetas e os textos dos pensadores que questionam o Universo e seus males? Pra quê assistir filmes de romance onde o final nunca é feliz? Ou seja, tudo é válido, desde que o início desse parágrafo seja de coração aberto pra que tudo se resolva da melhor e mais prática maneira, pois a vida é pra ser vivida e cada um vive a sua como bem achar melhor.

Excepcionalmente, tenho mais uma semana de férias após o início do ano novo, e alguns se vão deixando uma lacuna que não se preencherá até o próximo capítulo de mais uma diversão coletiva. Isso serve para amigos e familiares que retornam ao ano que começa novamente. Com data de início e de fim. Mais um ciclo. Mais uma fase. A fase que eu completarei 30 anos se Deus quiser.


DANIEL BEDOTTI SERRA

Um comentário:

Lucas Bedotti disse...

A mudança ortográfica Dan, é uma tentativa de unificação da grafia entre os países que falam o Português.
Começou a valer a partir do dia 1, não só no Brasil, mas em Portugal, em Angola e nos outros aí que nem lembro hahahaha

Se tem muitas atitudes que geram desconfiança, essa é uma que imagino não ter nada por trás dela.