segunda-feira, 17 de maio de 2010


VIVER???

Algo difícil de receitar.
Mas eu tento todos os dias!

Crescer???

Acredito realmente que seja uma opção.
E é bem difícil de ter coragem para optar por isso. Pois apenas a idade voando não basta. É necessário vontade de guiar-se por si só.
A realidade ajuda colocar os pés no chão.

Hoje eu posso dizer que deixei de ser poeta pra viver a REALIDADE  da vida. E, sinceramente, me sinto triste por isso, mas era hora de crescer.

DANIEL BEDOTTI SERRA

15 comentários:

Loverocklive disse...

Viver e não ter a vergonha de ser feliz.

Márcio Vandré disse...

Não precisa deixar de ser poeta para crescer.
Crescemos com as letras, que ajudam a nos tornamos íntegros.
Não só isso, é claro.
Um abraço!

[ rod ] ® disse...

O crescer nem sempre merece ser vitimado, mas algo de bom deve de ter acontecido ai meu caro! e se é bom aí, fico feliz aqui.

Chica disse...

O bom é fazer da vida, de cada dia uma poesia...Umas sairão tristes, outras felizes,mas vamos indo!abração,chica

EU SOU NEGUINHA disse...

Passada pra deixar uma linda semana
Beijos Nega

Érica disse...

Você não precisa largar a poesia. Ela amadurece com você.

Beijos meu caro!

Mônica disse...

Não deixe de ser poeta. Cora Coralina com mais de 80 anos era uma poeta bem velhinha, mas jovem em seus poemas.
Para crescer não precisa tirar sua criatividade.
Arranje um jeito de continuar no mundo da lua, mas na terra firme.
com carinnho
De lembranças na Carol

*lua* disse...

Será que o que vivemos não são ilusões e a verdadeira essência é o sonho? Seja uma eterna criança, como se estivesse com o sabor do pirulito preferido na boca, mas apenas com maturidade de não ser egoísta como às vezes criança o são.

boa semana, abraços.

Guilherme Manchini disse...

Viver e não ter a vergonha de ser feliz (2).

ótimo poema parceiro !!!

destroyerockcity

Luciana Lís disse...

Inevitalvemente lembrei de Simone de Beauvoir: 'viver é envelhecer'.
Com as delicadezas do que é envelhecer e a sapiência da maturidade, acho que dá pra fazer um bom brinde!
De qualquer forma, boa sorte Daniel!

Beijo

S. Outono disse...

Em algum momento as palavras se predestinam a bater. Já apanhou delas? E uma surra de verdades bem no meio da cara, já aconteceu? Responda no Outono.
Te espero ansiosamente.
Com muito carinho.
S. Outono.
Ps.: me vi obrigada a crescer também. Até que não é tão penoso assim.

Daniel disse...

A cada dia morremos um pouco.

Mariah disse...

na minha realidade encontro comédia inglesa...humor negro!

Eduardo Medeiros disse...

Daniel, poesia e realidade não são incompatíveis. É o nosso olhar que cria a realidade...ou pelo menos, cria a nossa realidade!

abraço

Ela.May disse...

algums poetas ja nascem crescidos!!! ah! e viver necessita de um pouco de poesia... ah! e poesia as vezes é mais real do que a realidade que axamos veiver!

ah! adorei esse blog!

vi na sua barra lateral uma referência a Across The Universe... meu ultimo post foi sobre Across The Universe o filme! rs

abraços