sexta-feira, 16 de abril de 2010


PARQUES DE DIVERSÃO

Os velhos dias tornaram-se escassos e entediantes diante do novo amanhecer do dia de amanhã. Um passo adiante foi dado. Não há como voltar atrás.

A semente foi plantada antes do período programado, mas nesse caso a flor desabrocha a qualquer momento. Não há período certo para a colheita. É raro! És a colheita mais aguardada.

Ansiedade que transforma tudo o que existe dentro de mim.
Nessa empreitada não há fim.
Felicidade que transborda pela borda.
Explode em porções de amor.

Os velhos tempos se foram e bem guardados estão na minha lembrança.
Como fotos em belos álbuns.
Como filmes em projeção.

A eterna criança virará criança novamente em parques de diversão.

DANIEL BEDOTTI SERRA

23 comentários:

Mônica disse...

O papai adorava nos levar em Parque de diversões. Nós já fomos no Tivoli parque do Rio e em outros lugares.
E circo? Iamos demais. No nosso interior de MG até hoje tem circo.
Agora a gente fica procurando alguns pequeninos primos pra levar no parque. Aqui tem um otimo , perto do zoologico. A gente aproveita e vai nos dois e vira criança outra vez.
com carinho Monica
Já coloquei seu nome na lista que entregarei A Nossa Senhora de Fátima.
Ficaremos fora por 10 dias.

Prity disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Prity disse...

Carrossel de sonhos e lembranças...

Jou Jou Balangandã disse...

"Ansiedade que transforma tudo o que existe dentro de mim."

Acho que vou adotar essa frase até a minha nomeação.

Vai ser um prazer ir ver a sua banda tocar, assim que eu for nomeada e voltar pra SP ... ta vendo como tudo gira em torno da minha nomeação?

Bjos

Simplesmente Outono disse...

Ler-te será um grande prazer.
Tenha um ótimo final de semana.
Minhas folhas com carinho.
Simplesmente Outono.

Márcio Vandré disse...

Os velhos tempos vão por um tempo, porque depois renovam, seja no sorriso dado por uma criança, seja pela nostalgia do ontem.
O ontem que presta, vale ressaltar.
Um abraço, amigo!

Triste Flor disse...

E as vezes quando as lembrnças nos escorrem pelos olhos, escorre tbm m pouquinho do coração em saber que o tempo não volta mais... por isso temos que viver intensamente, pq passamos por tantas coisas, que nossas alegrias sejam sempre maiores que nossas dore... lindo demais seu texto... bjãooo na alma.

Andrea Galvez disse...

Os velhos tempos ficam que adormecidos e muitas vezes ressurgem para dar lugar as boas lembranças, coisas que nos fizeram crescer, e ser o que somos hoje.
..............
Sabe Daniel , eu acompanho você a algum tempo já, e vejo o quanto você supera em teus escritos...muito bom isso, é como encontrar a magia das palavras e colocar todo sentimento assim...nas linhas da rede.

Bjão pra ti, ótimo final de semana!!*

tossan disse...

Só lamento não ter um filho para mostrar essa emoção, não faz mal levo os sobrinhos. Genial! Abraço

rattleheadbrasil disse...

Brother, te indiquei para o selo Blog de Excelência, gosto dos seus posts e da maneira que escreve, portanto achei mais do que merecida a indicação. Indiquei 7 blogs e o seu não poderia estar de fora!

As instruções pra receber o selo estão aki: http://rattleheadbrasil.blogspot.com/2010/04/selo-blog-de-excelencia.html

FORTE ABRAÇO!

Anne Lieri disse...

Daniel,que belo texto!Deixe a criança ser criança eternamente!Por que não podemos ter esse lado tão mágico e lindo em nós?Adorei seu post!Abraços,

Simplesmente Outono disse...

Postei algumas poucas palavras ou quem sabe até fiz de minha estação o meu confessionário.
Quando puder leia e se quiser, fique à vontade para registrar o teu pensamento.
Minhas folhas com carinho, SEMPRE!
Simplesmente Outono.

Mayara Hopp disse...

Só vai nos trazer mais felicidade e amor!
;D

Solange Maia disse...

me deu a impressão de um bebê a caminho... porque quando tive a minha Bebela foi assim, uma semente fora de hora, mas nunca tão na hora certa...

enfim, seus textos são amados por mim...

lindo, lindo...

beijo

Tainá disse...

Que a eterna criança vire criança novamente sempre!! Tem bastante felicidade subjetiva nesse texto.. como quem tá absorvendo a boa nova e compartilhando a sensação.. Muito lindo, como tudo que você escreve!! Beijo

Zahir disse...

Todos nós temos um pouco de criança ainda, creio que sem isso não conseguiriamos viver.

Menina Misteriosa disse...

E a criança, aí dentro, nunca morre. Mas a vida segue seus rumos, ciclos... os brinquedos mudam, as vontades e medos também... mas só depende de como encaramos... pode ser tão bonito quanto antigamente...
[viajei muito?]

beijo


http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

. fina flor . disse...

e se pararmos para olhar com cuidado conseguimos ver que o mundo pode ser um parque de diversão, não?

beijos e boa semana, querido

MM.

Nova Civilização disse...

a felicidade em ser criança e ver o mundo sobre o olhar de uma criança. Sempre nos fica guardada na memória. É tão bom quando nos permitimos a voltar a ter essas mesmas impressões...

beijinhos

Gisele

O Árabe disse...

Felizes seremos, enquanto a criança continuar em nós. :) Abraço, Daniel. Boa semana!

Chica disse...

Guardar sempre as belas lembranças e deixar nossa criança sempre pronta pra surgir a cada momento de nossa vida.Ela só nos faz bem!abração,chica

Mariah disse...

a camisinha estourou ou erraram na conta da tabelinha?

Daniel disse...

rsrs
Nem um, nem outro.
Beijos