terça-feira, 20 de outubro de 2009

NÓS NÃO TEMOS...

Nós não temos nome pois aos olhos dos coronéis mafiosos da nação não existimos
Nós não temos direito à saúde gratuita porque a pagamos
Nós não temos direito à educação gratuita porque a pagamos
Nós não temos direito ao lazer gratuito porque o pagamos
Nós simplesmente não temos...
$
Se tivêssemos não precisaríamos pagar!
$
$$
NÃO REAJA...

... e tire o seu time de campo
O jogo está comprado
Os coronéis ganharam?!
Não há revanche
É a vitória que dura uma eternidade
O povo está calado
Mãos atadas e amordaçado.

DANIEL BEDOTTI SERRA

20 comentários:

Luna disse...

nós temos o direito de pagar impostos, muitos impostos.rs.

beijos!

Andrea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea disse...

Como a luna disse, nos temos é muitos impostos para pagar, muitos amarelinhos arrecadando multas e multas, nós temos muitos políticos corruptos, mas temos algo que poderia quem sabe mudar,temos Voz...já pensou todas juntas? :)
.....
Daniel...vi sua veia poética no Post abaixo, apesar de triste, é lindo...existem muitas "Elas" por este mundo afora.

Bjo"

:)

raTo! disse...

na verdade apenas uma minúscula parcela da população está preocupada com o rumo que as coisas tomam. Tudo é ao inverso, pois quem realmente deveria ir pra rua protestar, prefere esperar o carnaval chegar, ou até mesmo ficar a rebolar.
nosso país é muito grande e pouca gente se importa com as coisas. e nós, que realmente nos preocupamos, nós que fazemos parte da nação que não se cala, não temos força pra lutar. no máximo, vamos infartar assistindo a tudo pela TV.

abraxxx,

Poetíssima disse...

Palmas, gostei muito..
Obrigada pela visita,
volte sempre!
Abraços manhosos!

prafrente disse...

"Sorria, você está a ser manipulado..." Essa manipulação não é um exclusivo da politica brasileira.Veja que já no "paraíso"a serpente manipulou a Eva para ela comer a maçã.Depois a Eva manipulou Adão para ele comer também...Manipulações fazem parte de qualquer sistema socio politico.Por vezes elas servem para criar alguma elasticidade na rigidez dos sistemas.Para existir algum equilibrio tem de haver a contestação.Quando o cidadão comum se acomoda e até de certo modo é cumplice na manipulação, dizemos que sofre da síndrome de Estocolmo onde o sequestrado acaba defendendo o sequestrador.

Abraço de Portugal

Katrina disse...

Nós não pagamos pela vida e isso não nos daria o direito de vivê-la. Mas somos teimosos e mesmo assim já nascemos contra o sistema, mesmo que depois o convidemos para uma cervejinha no final de semana.

Menina Misteriosa disse...

Quando a gente aceita esta situação, não luta contra, acaba achando normal. Isso é um problema.
Falta o espírito questionador, de luta.
Gostei do post e da reflexão.
Beijos

Bela disse...

Em tempos em que cada um pensa em seu universo, sua satisfação imediata, seus desejos, o bem comum torna-se apenas um ideal.
Abraços moço ;)

Elisa no blog disse...

Só vc sabe escrever tão bem esses poemas com palavras a primeira vista não poéticas como direito, educação, lazer. Fico impressionada porque fica altamente poético.

Vc perguntou:
É verdade que lá é proibido ter mais de um filho e as mães quando tem mais de um abandonam na rua mesmo? Deixam morrer?

Eu não sou expert em China, mas sei que não é permitido ter mais que um filho. somente as etnias minoritárias podem.
Não posso afirmar se isso é verdade, mas não ficaria nada surpresa se for verdade que as mães deixem os filhos para morrer na rua. Já ouvi dizer que matam com as próprias mãos logo que os bebês nascem. E depois falam para a vizinhança que o bebê nasceu morto. É muito cruel, me sinto mal escrevendo isso. Vou parar por aqui.
bj

Mônica disse...

Estamos as tres esperando dar 18 horas para ir pro aeroporto. ETa demora!
Então quando Mrilia me deixa,eu venho aqui.
O outro meu irmão, Homero, conseguiu dispensa do exercito por estar cursando engenharia . Seu filho que cursa engenharia também conseguiu dispensa. Vamos ver os outros meninos.
Mas o Renato detestou atrasou um ano de escola.
Até dia 30.
Com carinho Monica
OBS Ontem fomos na casa de um dos meus irmãos e eles ficaram rindo, que a fotografia do Renato vai ficar até dia 30.

Érica disse...

É fato, tiram nossos direitos e castram nossa indignação. Gritar? Pra que? Não somos mais ouvidos. Manipulados e enquadrados, ou isso, ou nada. É triste, mas é verdade.
Beijo grande!

☆ Feitio'zinho ☆ disse...

Uma dura realidade*

Já sou seguidora ;)

BeijO*

Cris Teles disse...

Esse e o país que vivemos..
Beijos!!

Jou Jou Balangandã disse...

Muitos já me disseram que advogado não consegue fazer poesia ... tenho que apresentar seu blog a eles.

Fa menor disse...

Ui, amigo! Assim é, infelizmente! Cada vez estamos mais 'descalços'. não temos como ganhar esse jogo.
Mas a voz, ainda não está sufocada!

Força!
Bjos

Tainá disse...

O povo está calado
Mãos atadas e amordaçado.
Manipulado, hipnotizado,
acomodado.
...

[ rod ] ® disse...

o cerco se fecha a cada dia... somos julgados, acompanhados e combatidos... os termos dos reis, coronéis e afins se igualam ao inquisitor pronto a sucumbir o pouco que resta desta frágil liberdade... abs meu caro.

O Árabe disse...

... entretanto, é de nós que depende a mudança. :) Bom fim de semana!

Laís de Ponte disse...

Eita, realidade, né?!

Mas não podemos nos acostumar e aceitar calados essa manipulação.

Um post que permite uma reflexão daquelas...

Beijão, Daniel!! =)