quarta-feira, 5 de outubro de 2011


TEIMOSIA

Nessa ausência frenética de sentimentos eu me despedaço
Fumo um maço inteiro de cigarros
E acho que me sinto melhor
Pobre bastardo!!
Que vive morrendo mais do que deve por dia
Que dorme para acordar do sonho da vida
Que vive renascendo até o dia em que morrer de vez
Altivez... combinado com insensatez = Teimosia

DANIEL BEDOTTI SERRA

4 comentários:

Érica disse...

Nossa! Que lindo esse texto. Gostei viu? No meu caso é a presença excessiva de sentimentos que me despedaça.

Beijos

Cris Teles disse...

E no meu caso é essa ansiedade gigante que as vezes insiste em morar dentro de mim mais do que deve...
Beijos e boa semana para você!

Anônimo disse...

nossa, otimo o seu blog, mas mudando um pouco de assundo, de uma "espoadinha" no meu site http://www.inteligenciadividida.xpg.com.br/, aposto que ira gostar.

Silence disse...

Parabéns pelo blog
e pelos belos posts!

Seguindo!

DELLONE
____________

www.silenceshadows.blogspot.com