sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010


O MORCEGO
-
Meia- noite. Ao meu quarto me recolho.
Meu Deus! E este morcego! E, agora, vede:
Na bruta ardência orgânica da sede,
Morde-me a goela ígneo e escaldante molho.

"Vou mandar levantar outra parede..."
- Digo. Ergo-me a tremer. Fecho o ferrolho
E olho o teto. E vejo-o ainda, igual a um olho
Circularmente sobre minha rede!

Pego de um pau. Esforços faço. Chego
A tocá-lo. Minh´alma se concentra.
Que ventre produziu tão feio parto?!

A consciência humana é este morcego!
Por mais que a gente faça, à noite, ele entra
Imperceptivelmente em nosso quarto!

AUGUSTO DOS ANJOS
POETA BRASILEIRO
1884 - 1914

13 comentários:

Marcelo Mayer disse...

bela homengem ao escarro

ta ai o SNYC

http://rapidshare.com/files/32507295/John_Lennon_-_1972_-_Sometime_In_New_York_City.rar

Rute disse...

Passando por aqui para conhecer seu blog, parabéns pelas postagens!
Beijinhos a vc
www.rute-rute.blogspot.com

Anne Lieri disse...

Genial esse soneto de Augusto dos Anjos!Adorei!Abraços,

.ana disse...

perigoso esse "morcego".

[nossa, há quanto tempo eu não lia nada do augusto dos anjos... acho que desde a época do pré-vestibular...]

beijos!
=)

Nova Civilização disse...

Muito boa a escolha .Perfeito retrato da consciência humana. Gostei muito,

beijinhos,

Gisele

Prity disse...

Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Versos íntimos.
Augusto dos Anjos.

sempre gostei desse poema dele.

Márcio Vandré disse...

Augusto dos anjos é um de meus ídolos!
E talvez pelo enlevo causado em seus textos, comecei a me aventurar nesse mundo.

Um abraço!

Fumaça Subindo disse...

uma linda homenagem mesmo a esse escrito 'canhoto'

prafrente disse...

"á noite ela entra no nosso quarto.."...será que entra?E quando entra cada um entende a sua consciência da maneira que melhor serve o seu interesse....

Um abraço de Portugal

Luciana disse...

Augusto dos anjos, foi uma boa escolha.


abraços pra ti
e um otimo feriado.

O Árabe disse...

Esse é muito bom! Uma obra que, realmente, merece ser divulgada. Neu abraço, boa semana!

Chica disse...

Augusto dos Anjos é muito bom! abração,lindo carnaval!chica

Menina Misteriosa disse...

Ótima lembrança!
Ele, sempre considerado um dos poetas mais críticos do seu tempo, se mantém tão atual!
;)
Beijos

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/