sexta-feira, 22 de janeiro de 2010


IN-CONTROLE

Limite
Liberdade
Instabilidade
Dor

Amor
Crueldade
Nebulosidade
Choro

DANIEL BEDOTTI SERRA

14 comentários:

Prity disse...

Oi, tudo bem? Fazia um tempo que não passava por aqui, e gostei do texto apesar de tristinho... Reflexivo, talvez.. Abraços!

The Blues Is Alright disse...

Marvada.

Luciana disse...

Eita

Faz parte!

Hosana Lemos disse...

triste, real mas triste. =/

Jaqueline disse...

E porque não o contrário???

Com - controle

Ilimitada
Aprisionada
Estável

Amor
Paz
Cores
Riso

Pq vc como advogado vai concordar comigo que tudo nesse mundo tem vários pontos de vista...

Shampoo Azul disse...

Post triste esse hein? Aconteceu algo??? Tá tudo bem? beijos

Nova Civilização disse...

quando nos deixamos ser controlados NÃO É BOM... O domínio próprio é que nos leva ao equilíbrio,

beijinhos,

Gisele

Chica disse...

Perder o controle pode ocasionar mais perdas...abração,tudo de bom,chica, ainda em férias...mas aqui!!!rssrsrs

Cris Teles disse...

São sentimentos fortes e 'pesados' mas que fazem parte da vida e devemos aprender sempre com eles....

Sun disse...

Apesar de num primeiro instante não parecer, todas as palavras que escolheste são positivas.

beijos

Menina Misteriosa disse...

Sim, é preciso ter limite.
E ter o controle é uma coisa boa mas, às vezes, perdê-lo também é...

"Who says I can't get stoned?
Turn off the lights and the telephone
Me in my house alone
Who says I can't get stoned?

Who says I can't be free?
From all of the things that I used to be
Rewrite my history
Who says I can't be free?"
John Mayer

Boa semana,
Beijos

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

cantinho she disse...

Olá..passando pra te conhecer e gostei, virei mais vezes.
Bjs!
She do Cantinho She

Anne Lieri disse...

Muito comovente a sua poesia!Tem pessoas que não conseguem controlar seus vicios e isso é triste,uma luta diária!Abraços,

[ rod ] ® disse...

Quando de um uso não há usufruto o doar-se dói... abs meu caro!!!