segunda-feira, 25 de janeiro de 2010


ALL DEAD, ALL DEAD

Homens mortos que homenageiam homens mortos.
A dor que nos mata a cada dia mais um pouco.
Enquanto eu não percebia não havia problema, mas a partir do momento que passei a perceber, passei a sentir mais e mais e mais...
Cada dia que se acaba, morremos mais um pouco.

Memória de brasileiro = Memória curta
Mas a minha é diferente (eu não esqueço!)

Somos justos com os injustos
Somos injustos com os justos
Mas será que não vemos no nosso adversário nossos próprios defeitos?
Um espelho?!

"Todos estão mortos!"
"Todos estão mortos!"
Logo, que diferença tudo isso faz?

Nada mais me assusta!
Nada mais me acalma!

DANIEL BEDOTTI SERRA

25 comentários:

[ rod ] ® disse...

É a tentativa de me reinventar.. rs... lúcida ou não.. rs.

A justiça é tão tola que eu me pergunto se a defino já estou sendo injusto?

Abs meu caro e obrigado!

.outsid3r disse...

Amigo, muito obrigado pelos elogios, e com certeza o que me motiva a escrever e desenterrar coisas legais são visitantes como você e seus comentários!

E sobre seu post, eu também não esqueço, porém não sei até onde isso é vantagem, pois me mantenho num constante estado de martírio. Agora, enxergar nos nossos adversários nossos defeitos é uma atividade constante em que me submeti faz tempo, algo bem difícil mas estou sendo perseverante!

Espero um dia ter o talento de escrever como você!

Abraços brother!

The Blues Is Alright disse...

Leia The Hollow Men. =)

Márcio Vandré disse...

Gostei bastante da metáfora contida no texto!
Homenageamos, às vezes, pessoas de caráter nenhum e com isso morremos.
Morremos porque deixamos de respeitar os nossos ideais para beber no copo da vaidade.
E isso, independente de religião, é um pecado mortal.
Um abraço, cara!

Mariah disse...

Sponville diz que é impossível viver sem esquecer!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Chica disse...

Sempre trazes bosn post.daniel.E qto ao comentário da D.rosalina...ainda bem que depois deu certo e hoje, aquele casal está junto, casados há 41 anos,...conheço o casal,rsrsrsrs...abração,chica

O Árabe disse...

Assim é, Daniel: apenas quando percebemos, é surgem os problemas. Mas este é também o primeiro passo para a solução! :) Meu abraço, boa semana.

Nova Civilização disse...

"...Mas será que não vemos no nosso adversário nossos próprios defeitos?
Um espelho?!..."

muitas vezes é assim nos reconhecemos no outro . Só que queremos que se reflita apenas o que é de bom o ruim preferimos esconder e negar, talvez apagar!

belo texto!

beijinhos

Gisele

Laís D'Ponte disse...

Daniel!!!!!!!!!!

Um relato bem real da sociedade em que vivemos: sentimentos contraditórios, noção distorcida de justiça, memória curta (principalmente no asssunto politica).

Enfim, que nossa memória melhore e não acabemos com mal de Alzheimer na hora de votar!
Que nosso senso de justiça seja reavaliado!

Um abração!!!!!!!!!!!!!

Menina Misteriosa disse...

A memória do brasileiro é curta sim. Somos injustos. Concordo.
Mas, pelos que não esquecem, pelos que ainda acreditam... vale a pena! Porque estas pessoas (como você) fazem a diferença.

Gostei muito deste texto!
Beijos

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

prafrente disse...

Memória de brasileiro é curta?!Ainda Pedro Alvares Cabral não tinha chegado ao Brasil e já diziam o mesmo da memória dos portugueses.Memória curta é problema macroplanetário.

"somos justos com os injustos"...interessante mesmo, sobretudo partindo de alguém formado em advocacia.Há poucos dias a policia portuguesa prendeu dois terroristas espanhois-para mim quem transporta bombas no carro e as coloca para provocar destruição,é terrorista-e logo a seguir o advogado vem dizer na televisão que os policiais tinham sido INJUSTOS para com os seus JUSTOS clientes.Eu tive vontade de perguntar se a solução perfeita seria oferecer-lhes um ramo de flores e a convidá-los para virem a Portugal mais vezes.

"Todos estão mortos"...acha mesmo? vejo aí um interpretação da vida demasiado pessimista.Você é jovem, não pode carregar ás costas todos os problemas do mundo...

Um abraço de Portugal

Triste Flor disse...

Um dos textos mais inteligentes que já li, somos justos com os injustos,injustos com os justos, memórias curtas, um defeito? um deleito, uma opção, depravação, de mãos, coração que não se usam pra construir...nada mais me assusta, nada mais me acalma, parabéns, merece aplausos, perfeito. bjus

Marília PSH disse...

apontamos os defeitos que nós temos...
homenageamos os mortos que podem estar vivos...
vivemos de mentiras e verdades...
:D

Marília PSH disse...

apontamos os defeitos que nós temos...
homenageamos os mortos que podem estar vivos...
vivemos de mentiras e verdades...
:D

Anne Lieri disse...

Daniel,uma poesia cheia de intensidade!Na morte do outro,vemos o quanto já estamos mortos,o quanto falta entender na vida,o quanto nos falta caminhar!Dói ver a dor do outro,dos pequeninos e revolta o poder dos que não tem coração!Senti sua poesia,como se fosse eu que tivesse escrito.Apesar de tudo,precisamos manter acesa uma chama de esperança,pois gente comum como nós é que podemos ajudar o mundo a melhorar.Abraços e parabéns pelo belo texto!

Fernando Antonio Pereira disse...

Grato pela visita. No haicai eu quis dizer que "uma hora tudo se descobre". Bom o seu texto. Abraços de Luz.

Prity disse...

Hum.. A velha crise de identidade, de vez em quando nos faz pensar coisas assim, porque estamos aqui? De que vale a mortalidade ou o contrário? Diálogos da vida,fazer o que.
beijos!

Bia Maia disse...

Saudades, Daniel!!

Se a memória da maioria dos brasileiros é curta, a minha não é não...

Fantástico seu texto!!

beijocas!!!

Bia

Tata disse...

Fala Dani,

Como sempre seus textos dão ótimas letras de músicas!

bjinhos

Conspiração Ideológica disse...

Belo texto... E quando terá a próxima apresentação do Desuit?

Daniel disse...

O próximo show do Desuit é sábado agora no Bar Salvador Dalí, na Avenida Goiás, 1452, bairro Santa Paula, São Caetano do Sul.
abs

Mônica disse...

Daniel
Voce não esquece mesmo?
Ainda bem porque eu deleto muita coisa e esqueço de proposito bastante coisas.
Mas a nossa história não devemos esquececer: corrupção principalmente.
Voce sempre me mostra um jovem diferente dos outros.
Com carinho Monica
Juiz de Fora é só para poder visitar alguem que more lá, porque é uma cidade muito calorenta.

Lilianne Mirian' disse...

- A crise de "personalidade" é constante.
Quanto ao espelho.
Duro! Mas até creio que sim.
Você arrazaaa'

BeiijoO

Fa menor disse...

A injustiça é rainha em todo o mundo!
Possa cada um mais consciente ter um pouco de lucidez de modo a ver-nos o no outro com num espelho!

Bjos