domingo, 3 de maio de 2009


AYRTON SENNA DO BRASIL

Nem eu sabia o quanto gostava desse cara e nem imaginava o quanto ele representava para o nosso país, e infelizmente só fui perceber isso (e muitas pessoas também) naquele domingo de 1º de maio de 1994.

Dois dias atrás fez 15 anos que ele se foi, e até hoje é difícil acreditar na sua partida prematura. Sua imagem é tão forte quando surge na TV que é como se ele não tivesse ido. Difícil acreditar!

Enquanto o carro de bombeiros passava com seu caixão pelas ruas e a TV mostrava ao vivo eu chorava. Ainda era uma criança e sentia como se fosse alguém próximo partindo. Alguém que realmente fosse fazer falta. Aquela música que toca até hoje quando se fala nele toca a alma.

2 comentários:

Anne Lieri disse...

Daniel,depois de Airton Senna as corridas perderam a graça prá mim.Ele era um cara valente,que vivia intensamente.Lembro que no dia de seu acidente,ele olhava o carro antes da corrida,como se pressentisse alguma coisa.Deixou muita saudade!Linda e merecida homenagem!Abraços,

raTo! disse...

Cara,
Não posso dizer que eu era apaixonado pelo Senna, ou que chorei pra caralho em seu enterro. eu era pequeno e nunca fui apegado à formula 1.
Mas como pessoa, foi mais uma boa alma que perdemos dentre tantos que já se foram.

abraxxx,