quarta-feira, 21 de julho de 2010


IDÉIAS REVOLUCIONÁRIAS

Desde os tempos do Brasil colônia,
Não se incentiva a leitura entre o nosso povo.
Qual o intuito?
De criar um povo ignorante,
Pobre de inteligência,
Incapaz de pensar por si só, 
Desprovido de fazer interpretações,
E de ter idéias próprias.
Idéias revolucionárias!!!

Havia medo das idéias da França igualitária pós-Napoleão Bonaparte.
Medo! Medo!! Medo!!!
Muito medo, porque o Príncipe Regente era medroso, gordo, literalmente um cuzão.
E trouxe com ele todos os males que existem até hoje em nosso país.

Leitura!
Muita leitura ao nosso povo.
Para sairmos dessa mesmice que nos atola todos os Santos dias.

DANIEL BEDOTTI SERRA

13 comentários:

Marcio Nicolau disse...

Livros são objetos transcendentes, disse o Caetano. Não vivo sem eles e música.

Voltarei aqui mais vezes e convido também a conhecer o meu blog:

www.espacointertextual.blogspot.com

Márcio Vandré disse...

A leitura é uma arma apontada contra a injustiça.
Quem lê, atira sem medo de que a petulância sangre.
Abraço!

Prity disse...

Olá. Amo ler, ler é vida. Blog então...Melhor coisa que inventaram no mundo!
beijos

*lua* disse...

Daniel, ótima tua abordagem, pois acredito que a tirania e poder faz com que o Brasil tenha um histórico de fraquíssima leitura. Realmente tens razão quando falas que é melhor sempre sermos ignorantes, como o somos toda vez que chega perto de eleição, que até sabemos a lama que se apresenta na televisão, mas vemo-nos sem saída, onde temos que votar conscientemente num infeliz corrupto. Que situação deplorável. Porém, digo que existem muitos anjos caídos cultos, ratos de biblioteca, porém ausentes de amor, assim um livro torna-se uma arma mortal aos pobres incultos ... O nosso crescimento espiritual deve ser o maestro de qualquer outro caminho a ser seguido em busca de conhecimento. Beijo e obrigada por seu carinho de sempre!

Eduardo Medeiros disse...

Assino em baixo! Quanto mais educação menos manipulação.

O Árabe disse...

Bela sugestão, Daniel. Meu abraço, bom resto de semana!

[ rod ] ® disse...

Quanto mais nos afastamos do hábito de ler caminhamos ao encontro da ignorância, incompreensão e incoerência no pensar e na vida!

Abs meu caro amigo.

Katrina disse...

e como precisamos de leitura

prafrente disse...

"medo, medo, medo...leitura, leitura, leitura..."

Daniel

Concordo com o que escreveu, mas você precisa entender cada situação dentro do seu contexto espacio temporal.A História não pode ser julgada à luz do presente.
O problema da leitura é comum ao Brasil e a Portugal.Pais que não gostam de ler não podem transmitir a seus filhos o gosto pela leitura.Mas se fizermos uma análise sociológica mais profunda veremos que o problema não é a falta de cultura mas sim porque não sabemos utilizar essa mesma cultura.Vejamos, por exemplo,esse flagelo do HIV.Há montes de informação, de literatura, de leitura sobre o assunto...a televisão fala, a revista mostra, as associações promovem...e de repente todo o mundo diz que nunca ouviu falar...
Mas sim, você está certo e colocou o dedo na ferida, como se diz em Portugal.Entre 1929 e 1974, no chamado Estado Novo, período negro da ditadura de Salazar, a cultura foi afastada do povo precisamente porque o ditador dizia "um povo culto é um povo ingovernável"; ainda hoje estamos sofrendo os efeitos desse período marcado pela mais profunda iliteracia.Atualmente Portugal, por imposição da União Europeia, está fazendo campanha para que todo o adulto volte à escola e acabe a escolaridade obrigatória (12º ano)ou frequente um curso profissional.Eu entrei para a Universidade numa fase bem tardia porque o governo possibilitou esse acesso aos maiores de 23 anos e que tinham interrompido seus estudos; era o programa M-23...é claro que sem determinação e vontade de vencer não podemos ir mais longe...
Continue sua cruzada contra a injustiça social, erga bem alto a sua voz, junte outros à sua causa...não vai certamente mudar o mundo, mas ajudará a mudar aqueles que o rodeiam....o resto virá por acréscimo...

Um abraço de Portugal

prafrente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Corroboro teu pensamento.

Abraço!

tossan disse...

A leitura é a única arma contra muitos males. Confesso que preciso ler mais e faço parte do povo. Abraço

Mônica disse...

Daniel
Comprei um livro em Portugal que contava a História de D. Maria I com a visão portuguesa. pena que depois de le-lo presentiei para minha prima que é historiadora.
Se não eu ia te emprestar.
Por eles contam que Dom João saiu de Portugal vindo para o Brasil deixando Portugal pobre e fazendo o Brasil melhorar de vida .
E disseram que Dona Maria não era tão louca assim não. Foi um fato que desencadeou a loucura. Há mas que pena que não estou com ele por perto para relembrar os fatos.
Fiz uma sintese que vou mostar para voce por email
Mas voce disse a verdade.
Dom Joao foi o que mesmo para o Brasil?
Estava com saudades. Meu computador estava estragado
Só hoje domingo que foi entregue.
com carinho Monica