terça-feira, 16 de março de 2010


SONHOS DE PAPÉIS

É uma nova história que se acaba
Em um MAR DE ROSAS que se espalham
Pelas RUAS SOLITÁRIAS dos meus melhores sonhos
E na platéia os aplausos de Mr. Kite!

Empolgado com a nova cena que se apresenta
Novos artistas em novos modelitos como melhor vestimenta
Dinheiro que não acaba mais...

A galinha dos ovos de ouro
A emissora dos melhores artistas
A gravadora com os melhores álbuns
Tudo no país do futebol

Eu me alimento desses devaneios reais
Vivendo em sonhos de papéis
Assinados por tinta de chocolate crocante
Chocante demais para ser real
Mas é!
É aquilo que eu quero que seja
É aquilo que a minha mão coordena

DANIEL BEDOTTI SERRA

12 comentários:

J. disse...

Pena que não dá pra sua mão redesenhar tudo e qualquer coisa...
Um abraço.

tossan disse...

Ótimo texto. Deve ser uma letra de música, se não for poderia ter sido. Qualquer dia vamos ouvir uma música sua no blog. Abraço

Menina Misteriosa disse...

Gosto de 'devaneios reais'.
Vivo bem com eles.

Saudades daqui,
beijo

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

Hana disse...

Amei seu blog quando de logo vi o |Lennon, eu gostei do seu pos, aliás de tudo, sou uma brasileira e virei sua fã, e sua seguidora.venha visitr meu bog da harmonia quando puder.
com carinho
Hana

Isadora disse...

Gosto demais dos seus escritos!faz tempo que não comento,mas sempre leio o que vc escreve...

boa semana pra vc! bjs

EU SOU NEGUINHA disse...

Sua mão coordena seus desejos..seus sentidos...vidas feitas através de escolhas...sendo desenhadas conforme aquilo que quisermos...
Eu desenho,a felicidade.
Beijos em ti

Luciana Lís disse...

'Sim, um amor que se desfaz é uma tristeza, mas abre as portas para dois novo amores.' [seu comentário no meu blog]

Ei!
As perspectivas são ótimas, mas quais são os 'dois novos amores'?
Fiquei super curiosa! haha

;***

Luciana Lís disse...

Ah! A poesia como sempre: você muito bem.
Um pedaço de papel, minhas ideias e invento o que quero!

Muito bom!
;***

Luciana Lís disse...

Ok.Entendi.

Anne Lieri disse...

Daniel,que lindos sonhos de papel!Poesia que contrapõem a realidade com o sonho,mas vc é poeta e nunca vai deixar de sonhar,pois tem isso em sua alma!Muito lindo!Abraços,

Tata disse...

Fala Dani,

Cara, muito engraçado....toda vez que leio um texto seu parece que tem fundo musical!
parecem letras de música!
geniais sempre!
bjinhos

Triste Flor disse...

No pais do futebol se pode tudo, principalmente sonhar, pena o palco ser composto por personagens ávidos e a plateia atônita aplaudindo atoa... ainda bem que temos nossas mãos, que podemos mudar o roteiro... amei, bjus