domingo, 21 de março de 2010


SANGREI...

Aprofundei-me em seus espinhos
E sangrei no meio da sua carne desfacelada
Senti a sua mesma dor
Sem arrependimentos voltei doente, de amor.

Adoeci enquanto roubava os seus problemas
Por míseros (ZERO) reais
Você nunca me pediu nada
Eu que cheguei sem bater na porta

Pensando bem,
Cheguei destruindo um muro
De proteção (de ilusões)
E feito cachorro de rua apanhei

Sangrei a alma
Sangrei a carne rodeado por lobos famintos
Sangrei as pernas que me mantinham perto do inimigo
Sangrei...
Apenas sangrei!

DANIEL BEDOTTI SERRA

12 comentários:

EU SOU NEGUINHA disse...

Lendo isso aqui...
Tem dias que nos fazem sangrar..
hoje me sinto assim,apenas percorrendo os porques...
Mas com a certeza de que amanhã,um dia de sol chegará.
Beijos em ti...
Nega

Mariah disse...

normalmente é o que acontece
quando a gente chega
perto demais de alguém

Érica disse...

Sangrar faz parte quando a gente precisa quebrar alguns muros.

Viscerál.

Beijos

O Árabe disse...

Quantas vezes, pela alma sangramos! Boa semana, amigo.

alexandre disse...

Ola
Boa tarde!
Gostei do blog!
Abcs
Alexandre Taleb
Consultor de Imagem/Personal Stylist
Blog: http://ataleb.wordpress.com/

Anne Lieri disse...

Daniel,linda poesia!Ás vezes precisamos derrubar alguns muros se quisermos salvar a princesa,mesmo sangrando de amor!Maravilha de poema!Abraços,

Bia Maia disse...

Sangrar é bom, principalmente para se formarem as "casquinhas" depois....que não devem removidas....para que não se formem cicatrizes...

Lindíssimo e forte o que escreveu!

Beijos em você e linda semana!

Biazinha

Triste Flor disse...

AS vezes sangramos tanto que esgotamos nossa força... MAs estancamos nossa dor, qndo resolvemos tapar a ferida... bjus no coração. paz e bem.

Nova Civilização disse...

muitos são os sofrimentos e o esfolar na alma que nos leva ao caminho para uma vida nova. É ruim... é . Não temos como negar...mas muitas são as flores que também podemos colher de todos os espinhos. Depende exclusivamente do nosso olhar...

beijinhos

Gisele

Menina Misteriosa disse...

'roubar os problemas sem pedir nada em troca'... ah, como te entendo!


beijos

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

[ rod ] ® disse...

O sangue da dor tem sempre um sentido e nem sempre é o da dor!

Complicado, não? rss... pode dizer que sou louco.r.ss

Meu caro três coisas:

1. Obrigado por gostar do diálogo escrito via twitter e publicado no dogMas... vc tem q entrar no twitter já te disse..rsss

2. Estamos marcando um Sarau com o pessoal do twitter e que tem blog de SP e Rio para dia 08/05 aqui em Sampa, quer ir?

3. Hoje tem loucura na Confraria!

(http://confrariadostrouxas.blogspot.com/2010/03/louco.html)


Um grande abs meu caro.

Mônica disse...

Voce é jovem e o jovem tem o poder de recupera facilmente de qualquer dor e os sangramentos são curados rapidamente.
A gente depois dos 50 é que sangra por qualquer coisinha.
Ficamos sensiveis.
Com carinho Monica