quinta-feira, 11 de setembro de 2008


O ADVOGADO DOS RÉUS

Eu advogo aos réus
Sob o juramento de cumprir minha profissão com zelo
Mesmo que para isso eu defenda quem te mata
Mesmo que para isso eu defenda o meu dinheiro

Eu advogo aos réus
E cobro muitas vezes por uma causa perdida
Uma vez que o réu também necessita de advogado
E assim a balança do Direito lhe garante a justiça

Eu advogo aos réus
E sou o intermediário dessa pobre situação
Pois levo a sua pretensão ao judiciário
E espero 10 anos por uma solução

Eu advogo aos réus
Enfrentando um judiciário lento e injusto
Com juízes estudiosos e desumanos
E muitas vezes corruptos

Eu advogo aos réus
E diversas vezes vi negado o acesso à justiça
Vi causas ganhas perdidas
Através de muita mentira

Eu advogo aos réus
Para que a aplicabilidade da lei correta esteja
Com direito ao contraditório
E a ampla defesa

Eu advogo aos réus
Porque a eles não se dá o direito de serem perdoados
Mesmo que na cabeça deles todos sejam inocentes
E injustiçados

Eu advogo aos réus
Porque de hipocrisia estou cansado
E com apenas 6 anos de carreira
Cansado de ser advogado
-
DANIEL BEDOTTI SERRA
11/09/2008

2 comentários:

raTo! disse...

ai sim, hein!

to curtindo a atitude novamente no blog!

abraxxx,

Caio disse...

Bem loka essa tbm hein ...


E esse som dos Raimundos
Baile Funky

"A justiça não me olha pq é cega...
Mas o seu dinheiro na carteira ela enxerga"


Falow