quarta-feira, 9 de junho de 2010


TROCA O DISCO

Somos perfeitos dentro do nosso jeito imperfeito de ser.
Chamamos atenção pelo nosso jeito peculiar de ser e não por nossa beleza exterior. Aquela que se desfaz com o tempo.
TEMPO = SALVADOR DE TANTOS MALES.
Erramos tentando acertar. Ah, que bom se fosse sempre assim. Pobres mortais errantes tentando sempre acertar.

Contudo, ludibriamos com o intuito de nos beneficiar perante um outro alguém.
Mentimos exageradamente. E, de repente, viramos uma mentira. De tanto acreditar naquilo que todos os dias inventamos.
Cuspimos as costas acreditando estar falando na cara.

Enganar quando é o coração que dita as regras pode nos fazer bem.
Mas enganar quando a razão está sob a direção pode ser um ledo engano. Ou, talvez, quando não haja sentimento algum. Apenas amizade.
Passou!
Troca o disco. Esse está riscado.

DANIEL BEDOTTI SERRA

14 comentários:

jefhcardoso disse...

Daniel, de seu comentário em meu blog: vale demais a pena ir a um show do Nando. Venha ao meu blog quando puder, o tempo é mesmo um passo a nossa frente, mas venha. Será sempre muito bem vindo.

A verdade de uma relação pode se revelar em algo que não se espera ao início desta, porém melhor aceitar os fatos do que viver uma farsa. Noutras palavras: penso que mais valha a boa amizade verdadeira do que o amor de mentira. (mandei bem?) (sorrio)

Abraço do Jefhcardoso que agradece por sua atenção ao meu blog. Daniel.

Márcio Vandré disse...

Enganar o coração nós nunca conseguimos.
Fingimos enganar, mas acabamos com a sensação que enganamos a nós mesmos.
Abraço!

Chica disse...

Esse tipo de enganação só trocando o disco mesmo!!!abração,lindo dia,chica

Prity disse...

A mentira é interessante.
A falsidade não;

*lua* disse...

Como vc falou estamos aqui aprendendo, aprendendo e mais errando que aprendendo, porém aprendendo ... todas essas meias verdades e mentiras, fazem parte dessa vida, pois ela própria é verdadeira? beju

[ rod ] ® disse...

Tem gente que vive de um disco... de um lado do disco! e quem flutue na supercialidade dos vários que se apresentam. Eu não sou bom em enganar o coração. Haja vista meus últimos textos.. rs

Abs meu caro e obrigado em especial. Ler-te pelos comentários é uma honra.

S. Outono disse...

Texto novo te esperando, o que acha?
Ter teus olhos sobre minhas letras será sempre um infinito prazer. Espero-te ansiosamente.
Com carinho, S. Outono.

Anne Lieri disse...

Daniel,tem razão!Como diz naquela musica:"mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira"...e tem pessoas que mentem tanto que acabam acreditando nas próprias mentiras!Excelente texto!Abraços e obrigada pelo carinho no meu blog!

tossan disse...

O pior é não ter argumentos para conquistar a si mesmo. Abraço

Mônica disse...

Daniel
Voce além de poeta é muito perspicaz.
Tomara que meus sobrinhos tenham esta mesma visão de mundo jovem mas maduro.
Com carinho MOnica

Eduardo Medeiros disse...

Daniel, eu direi que nem quando é o coração que dita as regras devemos enganar, pois o coração também tem as suas razões...

Solange Maia disse...

e a verdade é tão deliciosamente libertadora, não é ?

troca o disco...
as vezes é preciso...

belo texto para se pensar Daniel...

beijo

duda disse...

ando precisando URGENTEMENTE trocar o disco....

Fa menor disse...

Às vezes gostamos demais de uma música que ela não nos sai da cabeça. Sabemos que precisamos trocar de disco, mas não se é capaz de escutar outra música...

Bjinhos