terça-feira, 15 de junho de 2010


EMERGÊNCIA

Eu não sei...
E não importa que eu saiba.
Nada é entendido.
Não adianta tentar se fazer entender.

Duas línguas diferentes.
Imaginando coisas diferentes...
Quem está certo?
Quem está errado?

É claro que eu penso que eu estou certo.
É claro que o outro lado pensa que está certo.
E quem está errado?
Quem está errado?

Eu queria o melhor...
Eu queria o possível...
Realidade que faz com que deixamos de sonhar.
Para ser o que tem de ser.
A VERDADE!!!

Difícil verdade...
São tantas coisas que eu quero.
Pena que nem tudo eu posso ter.
Ainda mais em uma situação de emergência.

VERDADE!!!!

DANIEL BEDOTTI SERRA

14 comentários:

Chica disse...

Verdade mesmo...Nem tudo podemos ter...abração,chica

Eduardo Medeiros disse...

Disse um sábio que existem pelo menos três verdades para os mistérios da existência e para o viver prático:

A minha verdade, a sua verdade, e a VERDADE...

duda disse...

quando a gente escolhe 1 (que quer)a gente abre mais de 1000 (que também gostaria) e isso é tão injusto....

Márcio Vandré disse...

A verdade pode doer uma vez, mas dói apenas naquele instante.
A mentira faz doer o coração cada vez que é contada.
Abraço!

Érica disse...

É, falta a concordância, falta achar um meio termo paras as verdades alheias. E uns dois centímetros de credibilidade nas nossas.

Beijos

Daniel disse...

"E uns dois centímetros de credibilidade nas nossas"

Gostei demais disso.
É o que muitas vezes precisamos para continuar seguindo em segurança.

Beijo

Mônica disse...

Eu gotei de todos que comenmtaram, por isso não gosto de ler os cementarios. Fico sem saber o que falr.
vOu só dizer que tem momentos que a gente não percebe o certo. E nem que está errado.
Mas passa assim como passa a turbulencia no avião,
Na vida também passa.
E quando vemos os 50 já chegaram e não adianta que não tem retorno. E só pra frente!
com carinho
Monica

Ká ou Kaká. disse...

Tanto faz se a minha verdade é diferente da sua... com elas podemos dialogar, já com a mentira não.

Muito bom seu texto e obrigada pelas visitas nos meus.

Bjos.

[ rod ] ® disse...

Quem manda nessa dona? Quem diz a verdade exata corre o risco de perder a hegemonia. Neste duelo dizer meias verdades é um risco. Abs meu caro!

Prity disse...

A busca da verdade é uma questão universal. O que é verdade nesse mundo? Um contra-ponto com as nossas necessidades, uma ponderação sobre nossos sentimentos, já ajuda na conquista de uma verdade, ainda que só para solucionar um problema.

Mônica disse...

Daniel
Toda vez que eu quero perguntar eu apago porque acho que vai achar muito lerda.
Mas não vou apagar.
Eu esqueci o nome de sua noiva.
Eu quero conhece-la.
Eu tenho certeza que é tão bonita quanto voce.
Me mostre voces dois?
Será que ela já está de barriguinha? De quantos meses? J´pa sabe o sexo?
Estou parecendo aquelas velhas tias do interior.
Se quiser pode apagar. Mas faça os meus gostos.
Com carinho Monica

Anne Lieri disse...

Oi Daniel!São as contradições dos seres humanos!Nenhum é igual a outro.Vc escreveu essa linda poesia:eu entendo de um jeito,minha amiga de outro,cada um com sua interpretação!Porisso é tão complicado conviver!Adorei sua poesia!Abraços,

*lua* disse...

Adorei a imagem rss. Acho que tudo na vida são verdades, mas por falta de disciplina e polidez tornam-se meias verdades ... então juntemos minha metade e sua metade vai ... comum acordo ... estando bom para ambas as partes .... o resto a gente sonha!!! beju e ótimo final de semana!

Olívia Yale disse...

verdade? isso realmente existe?
em jornalismo aprendemos que tudo é uma versao, uma face de algo q ninguem realmente sabe tudo.
adorei o texto.
Mt obrigada pelo coment la no skipping, eu demorei para responder, pq estava a procura de um layout novo, rss.
um grande beijo.