quinta-feira, 21 de junho de 2012


DOSANDO

Eu tão cedo e novo me achei..
Talvez por isso quando mais velho me perdi.
Parece até que nasci com mais conhecimento?!

A dosagem sobre as coisas da vida...
Como dosar? Como dela, vida, gozar?

Como deitar sem a cabeça pesar?
Sem que no travesseiro afunde por causa de tantos traquejos... molejos... 

Filhos desse mundo totalmente indefesos.

DANIEL BEDOTTI SERRA

4 comentários:

Mônica disse...

Daniel
Eu nao saberia dizer tao bem sobre o deitar no travesseiro e ver todos os problemas nele. Ainda bem que esye mesmo travesseiro proporciona soluçoes
Um grande abraço de sua amiga mOnica

Márcio Vandré disse...

O mundo está sujo, mas os sujeitos com consciência ainda possuem capacidade de torná-lo um lugar habitável. Um abraço, nobre!

edumanes disse...

Textos, Música e Poesia
Saúde, paz e felicidade
Liberdade mais alegria
Não ausentes da sinceridade!

Não abuse da modéstia
Não seja arrogante
Não perca a simpatia
Manta seu corpo elegante!

Obrigado pela sua visita e comentario.
bom fim de semana,
um abraço
Eduardo.

✿ chica disse...

Lindo!Tem de tudo mesmo,Daniel e quando deitamos a cabeça no travesseiro, ficamos lembrar...abração,chica